segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Lava Jato em grande promoção: pague “por fora” e obtenha a prisão domestica!

por Emanuel Cancella

Veja o vídeo deste artigo em: https://www.youtube.com/watch?v=jiKcwkCNjRs

                                   Resultado de imagem para “Preste o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil”, diz advogado a Sérgio Moro
Rodrigo Tacla Duran advogado da Odebrechet não aceitou e denunciou a proposta feita pelo também advogado, Carlos Zucoloto Junior, que falando em nome da lava Jato lhe pediu US$ 5 milhões para celebrar acordo de Delação Premiada que daria a Duran, a prisão domestica e perdão de US$ 10 milhões na multa da Odebrecht (2).  

Zucoloto não é um qualquer: é amigo pessoal e compadre de Moro, e também, ex sócio de sua mulher Rosangela Moro e pasmem, falava em nome da lava Jato.

A filha do preso pela Lava Jato,  Aldemir Bendine, ex presidente do Banco do Brasil e da Petrobrás, recebeu um e-mail pedindo R$ 700 mil   para um habeas corpus domestico (1). Aldemir Bendine não aceitou o acordo e pediu um inquérito para apurar o pedido de propina e até agora nada.

Eu me formei em direito em 1988 no Instituto Metodista Bennett, zona sul do Rio. Já naquela época o professor de direito penal, Paulo Ladeira, dizia que não trabalhava com direito penal por que não adiantava o conhecimento jurídico, tudo no direito penal tinha um preço.

Passaram quase 30 anos e nada mudou, aliás, mudaram  os preços! A lava Jato parece que esta inflacionando o mercado, ou criando uma carreira de advogados fora da lei e milionários.
A advogada Beatriz Catta preta que atuou em nove acordos de delação premiada representando a Lava Jato  arrecadou R$ 20 milhões, a advogada nega este valor. Mas o negocio deve ter sido bom, tanto que ela abandonou a carreira, alegando que foi ameaçada de morte e foi viver nos EUA (3).

Pelo que se vê a lava Jato  turbinou a carreira de advogado de porta de cadeia. Advogado de porta de cadeia é aquele que fica rondando as delegacias, cadeias e presídios para quebrar galhos de presos e ganhar um qualquer. Não precisa ter nenhum conhecimento jurídico, basta ter a carteira da OAB, aquela que o Moro que pousa de jurista mas não tem (4).  

Segundo Rodrigo Janot que saiu da PGR:   “entre 50 e 60” delações já foram concluídas ou estão em negociação na operação Lava Jato” (5).
Raquel Dodge a atual PGR declara que existem 293 acordos de delação premiada na Lava Jato em andamento (6).

O fato é que a lava Jato transformou advogados  com nenhum conhecimento jurídico em milionários, isso da noite para o dia, como é o caso de Beatriz Catta Preta. Zucoloto pediu US$ 5 milhões para um trabalho que pelo que consta pode ser feito por qualquer advogado, bastando ser um fora da lei. E não podemos esquecer que a Lava Jato celebrou mais de 50 acordos de delação premiada.      

Só a lava Jato pode explicar o que não tem fundamento jurídico nem moral: como explicar que os maiores bandidos presos pela Lava Jato, através de delação premiada, como: Alberto Youssef condenado a 82 anos e oito meses esta em casa, verdadeiro clube de lazer construído com dinheiro da roubalheira, “pagando sua pena”; assim como Paulo Roberto Costa, condenado a 39 anos e cinco meses;   e Fernando Baiano, condenado a 16 anos e um mês de prisão (7,8). 

E os delatados estejam presos, como é o caso do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto e seus cincos delatores ganharam o regime aberto (10).
Com agravante que segundo a jornalista da Folha, Monica Bergamo, na Lava Jato a delação premiada só vale se falar mal de Lula e segundo o advogado da Odebrecht, Tacla Duran e a filha de Bendine tem que pagar por fora (9)!   

Lembrando que a delação premiada serve para diminuir a pena do preso, mas só vale, através de provas materiais e no processo transitado em julgado.  

Como segundo o advogado, José Roberto Batochio, Moro não fez o exame da Ordem dos advogados, fica a duvida se os seus erros são culposos ou dolosos (4)?
  

10 - https://www.brasil247.com/pt/247/parana247/303603/Moro-recebe-alvar%C3%A1-mas-mant%C3%A9m-Vaccari-preso-por-outra-condena%C3%A7%C3%A3o.htm



Rio de Janeiro, 22 de Janeiro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 






domingo, 21 de janeiro de 2018

Juízes do Rio chegam a ganhar R$ 500 mil por mês, aí, tem que ter fuzil para se proteger!

por Emanuel Cancella

Pasmem os juízes brasileiros ganham mais que seus colegas, ingleses e americanos


Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=4jjUoZK_uQo

                 Resultado de imagem para Juízes do Rio chegam a ganhar R$ 500 por mês, aí, tem que ter fuzil para se proteger!
                                                              Em rede social, juiz Marcelo Bretas postou foto com fuzil: 'preparo tecnico' contra ameaças

Você que se assombrou com a mala de dinheiro da corrupção dos deputados saiba que “legalmente” alguns juízes do Rio recebem até R$ 500 mil por mês, o  ministro do STF, Luis Roberto Barroso, falou em juízes que recebem até 300 mil por mês, Dr Barroso esta desatualizado.  Há 32 tipos de benesses, inventados para engordar os contracheques de suas excelências (1,2,5,18).

E uma das 32 benesses recebido pelos juízes e procuradores é o auxilio moradia. Voce acredita que Temer os procuradores e juízes brasileiro não possuam residência própria, para fazer jus ao Auxilio Moradia?

O governo golpista de MiShell Temer congelou o Programa Minha casa Minha Vida, dos pobres, mas aumentou o auxilio moradia de 2018 da presidência em 78,30%, num total anual de 8,9 milhões (4).

Os juízes e promotores que ganham acima do teto constitucional e chegam a embolsar R$ 500 mil mensais tem que seguir o exemplo do juiz Bretas da Lava Jato e ter fuzil para proteger esse salario ou a mala de dinheiro público (3). 
  Pasmem os juízes brasileiros ganham mais que seus colegas, ingleses e americanos (17).  

Aliás, na lava Jato que é dirigida pelo juiz Sergio Moro, foi pedido ao advogado da Odebrechet, Rodrigo Tacla Duran para celebração de acordo de delação premiada, “por fora” US$ 5 milhões (6).

O pedido foi feito por Carlos Zucoloto Junior, compadre de Moro e ex sócio de sua esposa, Rosangela Moro, falando em nome da Lava Jato. O pagamento “por fora” daria a Duran a prisão domestica e diminuiria em US$ 10 milhões a multa da Odebrecht, com a Receita Federal (14).   

 Pasmem um acordo da Lava Jato no “por fora”, totaliza quase metade do valor contido nas malas do Geddel. As malas do Geddel estão na guarda da Policia Federal e quem esta apurando o “por fora” pedido por Zucoloto? Lembrado que esse acordo de delação premiada é um, somente um, dos 52 acordos celebrado pela Lava Jato.

Como até agora a justiça estranhamente não investigou esse pagamento “por fora” da lava Jato que envolve procuradores e juízes não dão da para saber qual o montante, e em quanto aumenta os rendimentos deles, digo, dos juízes e procuradores.   

Lembrando a sociedade que os principais corruptos preso pela Lava Jato, através da delação premiada estão em prisão domiciliar, que se constitui em  verdadeiros clubes de lazer construído com dinheiro da roubalheira:

Entre outros, Alberto Youssef condenado a 82 anos e oito meses esta em casa pagando sua pena; assim como Paulo Roberto Costa, condenado a 39 anos e cinco meses;   e Fernando Baiano, condenado a 16 anos e um mês de prisão (8,9).  

A Lava Jato que ficou investigando por mais de três anos a vida dos ex presidente, Lula usando toda maquina do MPF da PF, gastando rios de dinheiro público, e com apoio da mídia, principalmente a Globo.

Aliás, foi na Globo que o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, disse que não tinha provas mas só convicção que Lula é o comandante máximo da corrupção na Petrobrás (12,13).

O MP que é fiscal da lei, no caso de Lula, abraçou as convicções de Dallagnol, e pasmem, e nem sequer investiga a denuncia de omissão da lava Jato em relação a gestão criminosa dos tucanos FHC e Pedro Parente, na Petrobrás, formalizada em 24 de novembro de 2016. Veja a denuncia na integra (10).  

E Pedro Parente agora com aval da Lava Jato continua a liquidar a Petrobrás: sem nenhuma oposição da lava Jato, Parente celebrou acordo, ilegal e imoral com acionistas estadunidense que esta levando dos cofres da Petrobrás R$ 10 BI (15).    

E o juiz Moro, não só aceitou de pronto a denuncia sem prova de Dallagnol, como condenou Lula a 9 anos e seis mese3s de prisão.

E dia 24, quarta feira o TRF-4 julga como desdobramento da condenação de Lula na Lava Jato o caso do tríplex de Guarujá. Além de não ter apresentado nenhuma prova contra Lula o tríplex que lava Jato atribuiu a Lula, em janeiro de 2018, foi penhorado pela justiça a credor da OAS (11).

Vale a pena lembrar o que o então governador do Rio, Carlos lacerda, golpista, falava de Getulio Vargas, o mesmo que deve estar sendo aplicado pelos atuais golpistas a Lula :  "O Sr. Getúlio Vargas, senador, não deve ser candidato à presidência. Candidato, não deve ser eleito. Eleito não deve tomar posse. Empossado, devemos recorrer à revolução para impedi-lo de governar. (16)"

Ao que parece Lula vai ser candidato!

Fonte: 1 -http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/06/juizes-estaduais-e-promotores-eles-ganham-23-vezes-mais-do-que-voce.html
13 - https://www.youtube.com/watch?v=dr9x5VsOz6U
18 - http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/01/salario-de-magistrado-do-rj-passa-de-r-600-mil-segundo-levantamento.html


Rio de Janeiro, 21 de Janeiro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Fica o recado à Lava Jato: justiça não se faz com duas algemas e muito menos "Pagando por fora"!

por Emanuel Cancella

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=4nU6A2GiBH8

                                   Resultado de imagem para cabral com duas algemas?

Vale lembrar que Aécio Neves é o recordista em delação na Lava Jato, e está livre,  sem algemas e ainda com mandato de senador (1).
Na verdade, a Lava Jato, chefiada pelo juiz Moro, nunca prendeu qualquer tucano, apesar das provas gritantes. Nem batom na cueca incrimina tucano. E não podemos esquecer que a lei vale para todos! A sociedade quer corruptos e corruptores, todos na cadeia, logico, dado o amplo direito de defesa e o processo de condenação transitado em julgado.  

O juiz Sergio Moro, que hoje chefia a Lava Jato, também comandou a investigação do Banestado e, segundo o senador Roberto Requião, "A mãe de todos os escândalos brasileiros", já que deu um rombo de meio trilhão de reais nos cofres da União. 

Segundo ainda Requião, referente ao Banestado: "É um escândalo totalmente tucano, mas nenhum tucano foi preso. (... )Não foi mensalão, não foi petrolão. (...). Foi o Banestado. (...) Moro soltou Youssef, o principal doleiro do escândalo, e Youssef voltou a roubar" (4).

E na Lava Jato, apesar da denúncia formalizada, no MPF em novembro de 2016, nada foi investigado até hoje. Essa denúncia foi em relação à omissão criminosa da Lava Jato, na gestão na Petrobrás dos tucanos, FHC e Pedro Parente! Veja denúncia na íntegra (9).   

Aliás essa história dos anos de condenação de Sérgio Cabral pela Lava Jato,  que já somam 45 anos, não é sangria desatada, senão vejamos (5): Paulo Roberto Costa, condenado a 39 anos e cinco meses, Alberto Youssef condenado a 82 anos e oito meses, Fernando Baiano, a 16 anos e um mês de prisão.  (6,7). 

Apesar dessas penas altíssimas, impostas pela Lava Jato, a Paulo Roberto Costa, a Alberto Youssef e a Fernando Baiano, eles cumprem pena em casa, verdadeiros clubes de lazer, construídos com dinheiro da roubalheira (6). 

Aécio deve ser o bandido predileto da Lava Jato. Aliás os delegados da Lava Jato fizeram campanha para Aécio Neves, inclusive chamou, no blog de campanha, Lula e Dilma de "Anta" (2). 

E, para tentar barrar a reeleição da presidente Dilma, a Lava Jato fez mais: na véspera da eleição vazou, de forma criminosa, a informação mentirosa de que Lula e Dilma sabiam da corrupção na Petrobrás. 

Na ocasião, o TSE, a maior autoridade eleitoral, até  proibiu a divulgação da farsa, mesmo assim a revista Veja colocou na capa que Lula e Dilma sabiam da corrupção na Petrobrás. E  o jornal Nacional da Globo noticiou a mentira, no momento em que a campanha eleitoral era proibida (3). Tudo para beneficiar Aécio!   
O JN foi esperto, fez a reportagem em cima notícia da revista Veja. Como se a culpa fosse da revista. Na verdade Veja e JN passaram por cima do TSE e nada aconteceu, nenhuma punição tiveram(3)!    

E Dilma na época era a presidente da República, disputando a reeleição, e, mesmo contra vontade da Lava Jato,  reelegeu-se! E agora a Lava Jato ataca Lula, sem qualquer prova, só para retirá-lo do pleito, mesmo ele tendo sido presidente da República por duas vezes, na última saiu do governo com 87% de aprovação popular. 

Aliás, a Lava Jato depois fez pior, já que, de forma criminosa, grampeou um telefonema de Lula e Dilma, esta na presidência (8). Apesar desses desserviços à Justiça,  Lava Jato nunca se desculpou por suas atitudes ilegais e imorais contra os dois presidentes. 

O fato de os principais corruptos condenados na Lava Jato a “trocentos” anos e colocados suspeitamente em prisão domiciliar pode ser explicado pelo imbróglio envolvendo o advogado Carlos Zucoloto Junior e o advogado da Odebrechet, Rodrigo Tacla Duran. 

Duran, em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, da Folha, disse que foi procurado por Zucoloto,  falando em nome da lava Jato, para negociar delação premiada.
Zucoloto, que é compadre de Moro e ex-sócio de sua esposa, Rosângela Moro, pediu a Duran US$ 5 milhões "por fora", o que  daria a Duran a prisão doméstica e abateria US$ 10 milhões na multa da Odebrechet (10).     
Fica o recado à Lava Jato: justiça não se faz com duas algemas e muito menos "Pagando por fora"! 




Rio de Janeiro, 19 de Janeiro de 2018.
 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 






quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Nosso “Ouro Negro” já está sendo saqueado pelos piratas!

por Emanuel Cancella

Se, para a Lava Jato, Lula, mesmo sem provas, é o comandante máximo da corrupção na Petrobrás, os tucanos, com evidências gritantes de serem os verdadeiros comandantes da roubalheira na Petrobrás, nem sequer são investigados pela Lava Jato.

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=KFNAWaDji-Y

                                      Resultado de imagem para lava jato, vaza jato?

Os golpistas ou os piratas chegaram com a farsa de combate à corrupção.
 Tiraram Dilma sem ter cometido crime algum e logo depois descobrimos que o presidente golpista, “MiShell Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil” (1).

E que seu governo formando a quadrilha aparecem os ministros, Moreira Franco, Geddel Vieira, Carlos Marun, Eliseu Padilha etc. Qualquer um desses ministros tem vaga garantida em qualquer presidio brasileiro. Mas ninguém é investigado com seriedade, pois a Justiça só se presta para perseguir desafetos do golpe.

Tanto o golpe quanto à pilhagem, que acontece hoje no Brasil, tornaram-se possíveis  porque são sustentados pelo Congresso Nacional, PGR, STF   e também pela mídia, principalmente a Globo, que é a mãe de todos os golpes no país!
A ministra Rosa Weber, do STF, para não deixar dúvida do apoio do STF ao golpe. teve a coragem de interpelar a presidenta, eleita pela vontade da maioria dos brasileiros, para explicar por que usara a palavra “golpe” (2).

Minando o governo de Dilma, como se estivesse combatendo à corrupção, estava como num reality show a Lava Jato, chefiada pelo juiz Sergio Moro:
 - Todos os delegados da operação Lava Jato fizeram campanha para Aécio e chegaram ao absurdo de, no blog de campanha, chamar Lula e Dilma de “Anta” (6).
- Não satisfeitos, na véspera da eleição, vencida por Dilma, veio da Lava Jato a informação mentirosa de que Lula e Dilma sabiam da corrupção na Petrobrás. Essa informação foi proibida sua divulgação pelo TSE, mesmo assim a revista Veja, em matéria de capa, e o Jornal Nacional da Globo divulgaram (7). E não sofreram qualquer retaliação pela nossa Justiça.

E continuando o golpe, pois não basta afastar Dilma, tem que impedir Lula também, já que os americanos, em conluio com os golpistas, só permitem entreguista no poder.

Primeiro foi o chefe dos procuradores da Operação, Deltan Dallognol, que depois de quase três anos de investigação, usando toda máquina do MP, da PF, a mídia e dinheiro público a rodo para, de forma inédita, fazer uma denúncia do MP, ao vivo, na TV Globo.

Pois é, denúncia ao vivo e foi Deltan mesmo que disse, com todas as letras, que não tinha quaisquer provas mas só convicção pessoal de que Lula era o comandante máximo da corrupção na Petrobrás (3,4,5).    

Num jogo de cartas marcadas, Sergio Moro, chefe da Lava Jato, não só aceitou essa denúncia sem provas, como condenou Lula a 9 anos e seis meses de prisão.

E agora o TRF4, no dia 24/01/18, julga, com base na armação da Lava Jato, se prende Lula ou se somente impede sua candidatura à presidência em 2018. 

Se, para a Lava Jato, Lula, mesmo sem provas, é o comandante máximo da corrupção na Petrobrás, os tucanos, com evidências gritantes de serem os verdadeiros comandantes da roubalheira na Petrobrás, nem sequer são investigados pela Lava Jato.

Veja, na íntegra, minha denúncia, formalizada em novembro de 2016, apontando a omissão criminosa da Lava Jato em relação à gestão criminosa dos tucanos, FHC e Pedro Parente (8). O bota-fora na Petrobrás continua e nada foi investigado!

Pois é, Moro convocou os procuradores americanos para investigar a Petrobrás (11); mandou os maiores ladrões da companhia testemunharem contra a Petrobrás em tribunais ianques (12).

Para mostrar a parcialidade do juiz, Sergio Moro ele não mandou nossos procuradores investigarem a petroleira americana, Chevron que foi denunciada pelo Wikleaks em 2009 na troca de correspondência entre o então candidato tucano, José Serra, prometendo favores a Chevron em prejuízo da Petrobrás (13).  

E agora, sem nenhuma reação da Lava Jato, o presidente da Petrobrás, o tucano, Pedro Lalau Parente, fecha acordo ilegal e imoral com os acionistas americanos pelo qual a Petrobrás vai pagar R$ 10 BI (10).

Chamo de Pedro Lalau porque este senhor é réu desde 2001, em ação que versa sobre a venda criminosa de ativos, e que deu um prejuízo de R$ 5 BI à Petrobrás. 
Os piratas, na idade média, usavam em seus navios uma bandeira negra e não tinham pátria; porém os piratas que hoje saqueiam o Brasil, via governo golpista,  tem  bandeira e ela é dos EUA.

 Aliás, para não deixar dúvidas, a maior revista do mundo, a estadunidense Time, premiou,  com certeza, por serviços prestados o juiz Sergio Moro (9)!

13 - http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2016/02/senadores-lembram-denuncia-do-wikileaks-dos-interesses-multinacionais-defendidos-por-serra-3891.html


Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella 



quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Para os acionistas americanos o bônus, para os petroleiros da Petrobrás o ônus!

por Emanuel Cancella

E a direção atual do Sindipetro-RJ em seu boletim oficial nem uma referencia a Pedro lalau e sua direção criminosa (4). Lembrando que a diretoria anterior do Sindipetro-RJ fez de pronto o enterro simbólico de Pedro lalau e toda sua diretoria.

Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=7tN9XdS9nt8


Resultado de imagem para rolezinho na Petrobrás?
                             
Pedro Lalau acaba de celebrar acordo ilegal e imoral de R$ 10 BI com investidores americanos (6). O acordo é ilegal porque se baseia em que a queda do valor das ações da Petrobrás se deve á corrupção na empresa quando, na verdade, as ações de todas as petroleiras do mundo caíram quando o preço do barril de petróleo despencou de mais de US$ 100 para US$ 27 (1,2).

Além disso, o acordo é imoral porque deixa os investidores brasileiros de fora. E, se este acordo vingar, os trabalhadores petroleiros vão ficar pelo 3º ano consecutivo sem sua PLR – Participação nos Lucros (lei 10. 101/2000), já que, com este acordo, repito, ilegal e imoral, o balanço contábil da companhia fica negativo. E sem lucro não tem PLR!

Pedro lalau Parente tem rebaixado sucessivamente a cada negociação o acordo coletivo dos petroleiros. Dos trabalhadores da ativa retiram o aumento real, abono, e a PLR entre outros. Dos ativos e aposentados o Beneficio Farmácia, sendo que o maior usuário é o aposentado. E o mais grave, ameaçam retirar 13% dos salários dos aposentados e pensionistas, agora em janeiro ou fevereiro do ano corrente.  

Este desconto seria para pagar o “rombo” da Petros. Lembrando que a responsabilidade pela gestão de nosso Fundo de Pensão é exclusivo dos gestores. Os aposentados e pensionistas pagaram regiamente por sua aposentadoria durante sua vida laboral na empresa e continuam a pagar a Petros mesmos depois de aposentados. Cobrar dos aposentados e pensionistas por suposto rombo, é extrema injustiça.

Chamo de Pedro lalau por que este senhor é reu desde 2001 em ação que versa sobre a venda criminosa de ativos quando deu um rombo de R$ 5 BI a Petrobrás (8).

 Agora o que nos causa espanto é o silencio da atual direção do Sindipetro-RJ em relação a Pedro lalau Parente, no seu ultimo boletim o sindipetro-RJ não fala uma linha sobre Pedro lalau Parente (4):

Pedro lalau esta entregando a Petrobrás, mas tem sido denunciado por petroleiros,  além da ação de 2001 um petroleiro da gestão anterior do Sindipetro-RJ entrou em novembro de 2016 no MPF com denuncia da omissão da Lava Jato em relação a gestão criminosa dos tucanos FHC e Pedro lalau Parente. Veja denuncia na integra (3).  

Pedro lalau ao mesmo tempo que beneficia de forma ilegal e imoral os investidores americanos, e entrega de forma criminosa a Petrobrás, e ataca de forma violenta a categoria petroleira tanto os trabalhadores da ativa como os aposentados e pensionistas.

E a direção atual do Sindipetro-RJ em seu boletim oficial nem uma referencia a Pedro lalau e sua direção criminosa (4). Lembrando que a diretoria anterior do Sindipetro-RJ fez de pronto o enterro simbólico de Pedro lalau e toda sua diretoria (10).

Sabendo-se do passado de Pedro lalau no governo de FHC e no Conselho de Administração da Petrobrás  já o condenava!    

Na pagina eletrônica do Sindipetro-RJ eles falam que a presença dos diretores do Sindipetro-RJ estariam sendo barrada no prédio da Petrobrás, citando o Edisen (9).

A direção anterior do Sindipetro-RJ nunca pediu permissão para realizar atos dentro dos prédios da Petrobrás e sempre realizamos, e sempre fomos ameaçados pela segurança da Petrobrás. No nosso entendimento, o prédio é nossa base sindical e como tal não precisamos de autorização para fazer o trabalho do sindicato (5,6,7,10).  

 Além do enterro simbólico fizemos vários “rolezinhos”, atos de protesto contra Pedro lalau e sua trupe, dentro do EDISEN (Edificio Senado) onde fica lotado Pedro lalau, e também em outros prédios da Petrobrás da base do Sindipetro-RJ, inclusive no Cenpes.

Parece que a diretoria atual do sindipetro-RJ padece da Sindrome de Estocolmo: “Síndrome de Estocolmo ou síndroma de Estocolomo (Stockholmssyndromet em sueco) é o nome normalmente dado a um estado psicológico particular em que uma pessoa, submetida a um tempo prolongado de intimidação, passa a ter simpatia e até mesmo sentimento de amor ou amizade perante o seu agressor.”

Estranho que em seu ultimo boletim a atual direção fala até na demissão de funcionários da entidade e nada de Pedro lalau. Lembrando que o Sindipetro RJ enfrentou e venceu a fúria privatizante de FHC na década de 90. Além das demissões, cerca de 100 petroleiros, FHC, através do TST impôs multa de cem mil reais por dia de greve. 

E mesmo assim a greve continuou e foi vencedora, e fica aqui nossos agradecimentos ao Sintel, através do seu presidente do sindicato na época, Gilberto Palmares, que hoje é deputado estadual,  que foi nosso principal suporte salvador.  

E mesmo diante da fúria privatizante de FHC, nunca cogitamos de demitir funcionários da entidade. E Hoje, a atual direção do sindipetro-RJ que não toca uma linha contra nosso algoz mor, Pedro lalau Parente, fala na demissão de funcionários do sindicato!


Fonte:
4 - Boletim Sindipetro RJ Ano I – Numero XLVIX – 10 de Janeiro de 2018.
7 - http://www.apn.org.br/w3/index.php/trabalho/6645-petroleiros-realizam-novo-rolezinho-no-edise



Rio de Janeiro, 17 de Janeiro de 2018.

 Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
Me siga no twitter.com/Ecancella